carregando...

 

O Estacionamento Rotativo Pago foi instituído através da Lei Municipal nº 3.188, de 13 de maio de 1996, aprovada pela Câmara de Vereadores.

A UAMBLA recebeu do Município de Lajeado, através do Termo Aditivo ao Convênio a Permissão para Exploração do Estacionamento Rotativo Pago, com base na Lei Municipal nº 5.671, de 17/01/1996, alterada pela Lei 5.679, de 06/02/1996 e Lei 6.125, de 06/12/1996, com o objetivo de gerar renda, empregos e outros benefícios a cidadãos que residem em Lajeado.

Segundo a Lei Municipal nº 7.380, de 13 de julho de 2005, que regula o Estacionamento Rotativo, fica instituído o que segue:

  • O Estacionamento Rotativo pago é realizado dentro do perímetro urbano da cidade de Lajeado, para veículos automotores, na forma estabelecida pela lei 7.380, de 13 de julho de 2005, com amparo no inciso X do art. 24 do Código de Trânsito Brasileiro – Lei Federal nº 9.503, de 23/09/1997.
  • As vias públicas abrangidas pela presente Lei são as seguintes:
  1. Rua Júlio de Castilhos, trecho compreendido entre a Rua Marechal Deodoro e a Av. Senador Alberto Pasqualini;
  2. Av. Benjamin Constant, trecho compreendido entre a Rua Marechal Deodoro e Av. Senador Alberto Pasqualini;
  3. Rua Bento Gonçalves, trecho compreendido entre a Rua Borges de Medeiros e Av. Senador Alberto Pasqualini;
  4. Todas as ruas transversais entre a Av. Benjamin Constant e a Rua Bento Gonçalves, desde a Rua Marechal Deodoro, inclusive, até a Av. Senador Alberto Pasqualini, inclusive;
  5. Ruas Alberto Torres, Saldanha Marinho e Pinheiro Machado, trechos compreendidos entre a Rua João Abott e a Av. Benjamin Constant;
  6. Av. Senador Alberto Pasqualini, trecho compreendido entre a Rua Bento Gonçalves e o entroncamento da BR 386.
  • O Estacionamento Rotativo Pago é cobrado nos seguintes dias e horários:
  1. De segundas-feiras às sextas-feiras: Manhã: das 9h às 12h / Tarde: das 13h30min às 16h30min, permanecendo o cobrador na quadra até às 17h
  2. Sábados: na parte da manhã, das 9h às 11h45min
  • Excluem-se da obrigação de pagamento as motocicletas e ciclomotores, quando estacionados em locais pré-determinados para estes veículos.
  • Ficam isentos de pagamento os veículos de propriedade utilizados ou a serviço de pessoas portadores de deficiência que comprometa sua locomoção, pelo prazo máximo de 2h.
  • Excluem-se das áreas consideradas vagas rotativas aquelas reservadas aos pontos dos automóveis de aluguel (táxi) e as áreas privativas que tenham amparo na lei, devidamente sinalizadas (garagens).
  • Durante o período previsto na cartela, o usuário poderá, com a mesma cartela, estacionar o seu veículo em qualquer uma das vagas existentes.
  • Em caso de constatação de falta de pagamento, o condutor recebra um Auto de Infração, com o qual poderá dirigir-se a concessionária ou posto autorizado por esta, a fim de regularizar a sua situação.
  • Nos locais de Estacionamento Rotativo pago, instituído por lei, o uso ficará sujeito ao pagamento do preço público, através de cartelas:
  1. de 1/2 hora - R$ 0,75 (setenta e cinco centavos);
  2. de 1 hora - R$ 1,25 (um real e vinte e cinco centavos);
  • Os veículos poderão permanecer estacionados num mesmo local, nos espaços demarcados para o estacionamento Rotativo Pago, no máximo de até 2 horas.
  • O Estacionamento Rotativo pago não implica em guarda e vigilância do veículo, mas tão somente em permitir a permanência do veículo no local indicado, durante o período determinado.
  • Não caberá ao Município, sob nenhuma hipótese, responsabilidade indenizatória por acidente, danos, furtos ou prejuízos que os veículos ou usuários possam a vir a sofrer nas áreas definidas por Lei.
  • Não existe tolerância de minutos permitidos em locais explorados pelo Estacionamento Rotativo.

 

sistema e-rotativo

A Uambla adotou o sistema digital e-rotativo para facilitar a administração de toda área do estacionamento rotativo.
Algumas vantagens decorrentes da utilização do sistema:

  • otimização do atendimento
  • incremento da arrecadação
  • diminuição da evasão
  • e muito mais.... 

Maiores informações sobre o sistema em: http://www.erotativo.com.br

 

lei municipal

Lei N° 8.495, de 22dezembro de 2010.

 

Altera e acrescenta dispositivo na Lei n° 7.380, de 13 de julho de 2005, que institui o Estacionamento Rotativo Pago em vias públicas da cidade de Lajeado.

 

CARMEM REGINA PEREIRA CARDOSO, Prefeitura Municipal de Lajeado, Estado do Rio Grande do Sul,

FAÇO SABER que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Art.1° É alterada a redação do § 8° do art. 1° da Lei n° 7.380, de 13 de julho de 2005, que institui o Estacionamento Rotativo Pago em vias públicas da cidade de Lajeado e dá outras providências, passando a vigorar com a seguinte reação:

“Art.1°”...

§ 8° Em caso de constatação de falta de pagamento, que gera irregularidade, o condutor poderá receber um auto de Infração, com o qual poderá dirigir-se á concessionária ou posto autorizado por esta, no prazo máximo de 07(sete) dias úteis do recebimento, respeitando o horário comercial, a fim de regularizar sua situação mediante o pagamento do valor correspondente a 30(trinta) horas de estacionamento. Sua não regularização acarretará na homologação do auto de infração, conforme art. 181, inciso XVII, da Lei federal n° 9.503/97, gerando seus respectivos efeitos.”

Art.2° São acrescidos os §§ 9° e 10 ao art. 1° da Lei n° 7.380, de 2005, com as seguintes redações:

“Art.1°”

...

§ 9° É de obrigação do condutor a colocação do veículo no espaço delimitado de cada vaga de estacionamento, sob pena de incorrer na cobrança dos espaços utilizados.

§ 10. Para a colocação de caçambas para entulhos junto aos locais de estacionamento de veículos no sistema rotativo, deverão ser observados os espaçamentos delimitados dos boxes, ficando o uso dos espaçamentos sujeito ao pagamento do preço público correspondente a 50%(cinqüenta por cento) da tarifa diária pelo tempo que permanecerem nos locais, devendo a empresa responsável realizar o cadastramento junto a concessionária do estacionamento rotativo.”

Art.3° Permanecem inalteradas as demais disposições da lei n° 7.380, de 2005.

Art.4° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Gabinete da Prefeita, 22 de dezembro de 2010.

Carmen Regina Pereira Cardoso,

Prefeita.

Atualmente a UAMBLA possui em seu quadro de pessoal, mais de cinquenta funcionários, distribuídos em suas atividades. Por se tratar de uma empresa de fins não econômicos, investimos nossos recursos na melhoria do atendimento aos usuários, através da aquisição de diversos cursos de capacitação.


O atendimento externo é realizado pelos nossos vendedores de cartelas, dispostos nas diversas quadras de abrangência, facilitando o acesso às vagas de estacionamento, diferentemente do sistema de parquímetros. Nossos colaboradores estão sempre presentes de segunda à sexta-feira, das 09hs às 12hs, na parte da manhã, e das 13:30hs às 17hs, na parte da tarde. Nos sábados, o horário de atendimento é reduzido, sendo somente na parte da manhã, das 09hs às 11:45hs.


Nossos colaboradores recebem cursos diversos de treinamento, sempre buscando a excelência no atendimento. O cliente do Rotativo que encontrar alguma dificuldade no atendimento poderá se dirigir a sede da Entidade, na Rua Bento Gonçalves, 580, bairro Centro. Poderá também nos contatar através do telefone (51) 3726-4612, ou ainda por este site, em sua página inicial, no ícone contato.


Ressaltamos que a melhoria no atendimento passa pela participação do cliente, seja apresentando sugestões e ou reclamações quanto ao atendimento.
Nosso maior objetivo é preparar e inserir os jovens de nossa Comunidade no mercado de trabalho.

TREINAMENTO DE NOVOS COLABORADORESTREINAMENTO DE NOVOS COLABORADORES

Antes que, qualquer de nossos novos colaborares passe ao atendimento externo junto aos clientes do Estacionamento Rotativo, os mesmos passam por um treinamento externo, realizado através de nossos Monitores, onde vivenciam as facilidades e dificuldades do atendimento.


Dos nossos jovens cobramos postura e bom atendimento, mesmo àqueles clientes, que eventualmente discordam da existência do serviço. Vale lembrar, que a UAMBLA é mera PERMISSIONÁRIA, não cabendo qualquer atitude, que não esteja prevista no Termo de Permissão. Não temos o poder de isentar qualquer usuário, independentemente de suas prerrogativas, a menos que estejam previstas em Lei.

Consulte aqui se você está em dia com o estacionamento rotativo.

Placa do Veículo:
Código Segurança:
codigoSeguranca